Vereador Cleverton Nunes Menezes, denomina Marcelo da Silva Sales, a rua do loteamento industrial

Publicado em: 28 de agosto de 2019

Foi aprovado durante a 25ª Sessão Ordinária, realizada na terça-feira (27), as denominações de ruas do loteamento industrial e comercial Santa Marina, situado em Cordeirópolis.

 

O vereador Cleverton Nunes Menezes (MDB) através do Projeto de Lei nº 43/2019 deu a denominação  de "Marcelo da Silva Sales", via pública conhecida como rua "9" do Loteamento Industrial e Comercial Santa Marina.

 

Marcelo da Silva Sales

 

 

O homenageado “Marcelo da Silva Sales”, nasceu em 1° de setembro de 1990 na cidade de Jesuitas – Paraná. Aos três anos ele e sua família se mudaram para a cidade de Campinas. Já em meados de 1993 ele chegou a Cordeirópolis. Sua mãe, Dona Lindinalva Aparecida Sales conta que desde pequeno Marcelo sempre foi apaixonado por futebol. Aos com cinco anos, ele foi matriculado nas aulas onde recebeu ensinamentos do professor Marquinhos.

 

 Foi quando o amor pelo apito foi despertado em Marcelo, Lindinalva conta que quando ele chegava em casa, ele dizia que queria cursar aulas de arbitragem. Ela explica ainda, que deu total apoio ao filho e relata que ele era muito ligado ao mundo esportivo.

 

 Após conseguir a sua licença, Marcelo apitou em diversas cidades da região. Em Cordeirópolis ele foi responsável por ministrar as finais do tradicional Campeonato de Futsal de Férias, 1° de Maio e dentre outras competições que fazem parte do calendário esportivo do município. Dona Lindinalva conta que não ligava para os xingamentos que vinha da torcida, ela achava engraçado e o que prevalecia era o orgulho que tinha por ele.

Além do amor pelo esporte, Marcelo sempre estava presente em ajudar a comunidade. Participava das confecções dos tapetes do Corpus Christ e colaborava com as festas promovidas pela igreja no Jardim Cordeiro.

Em 10 de novembro de 2014 aos 24 anos Marcelo Silva Sales, deixou o irmão Márcio da Silva Sales, Elisângela da Silva Sales, Paulo Cézar da Silva Sales e a mãe Lindinalva Aparecida Sales, essa relata que ele morreu em um dos melhores momentos da sua carreira, mas fica feliz por ele ter alcançado grandes objetivos e tinha certeza que poderia ter chegado muito mais longe. 

Marcelo levou consigo a bondade de um ser humano único e deixou como legado a dedicação e a ajuda ao próximo

 

As sessões ordinárias, sessões solenes, audiências públicas e demais eventos institucionais da Casa podem ser acompanhados, ao vivo, pelo site www.camaracordeiropolis.sp.gov.br ou através da rádio FM 106,3.


Publicado por: Assessoria Imprensa Câmara Municipal

Cadastre-se e receba notícias em seu email