Aprovado título de Cidadão Cordeiropolense à Fátima Marina Celin

Publicado em: 31 de maio de 2019

Foi aprovado por unanimidade o título de cidadão cordeiropolense à Fátima Marina Celin, durante a 17ª Sessão Ordinária, realizada na terça-feira (28).

A propositura é do vereador José Geraldo Botion (PSDB) através do projeto de Decreto Legislativo nº 02/2019.  A entrega da honraria será agendada pelo Legislativo e pela homenageada.

Fátima Marina Celin

Fatima Marina Celin nasceu em 29 de maio de 1958, na Fazenda Floresta, no município de Torrinha. Filha de Angelo Selin e Vicencia Mamoni Celin, seus avós paternos Daniel Selin e Maria Boteon Selin, seus avós maternos Marina Calabrezi Mamoni e Rosário Mamoni.  Em 1961, com seus pais, veio morar no bairro de Cascalho no município de Cordeirópolis - SP.  Estudou o primeiro ano na Escola de Cascalho.

            O Sonho de Fatima era poder trabalhar no banco. Assim aos 18 anos pediu emprego ao gerente do Banco Comind.  Fez o teste da somatória dos cheques e da carta datilografada. Foi aprovada e admitida neste Banco, em 1976. Em 1984 foi transferida para a agência Comind de Limeira.

            Em 1985, trabalhando em Limeira na agência bancária do Comind, filiou-se ao sindicato dos Bancários de Limeira, filiado à Central Única dos Trabalhadores – CUT e em 1986, filiou-se ao Partido dos Trabalhadores. Na década de 90, organizou plenária dos desempregados em Cordeirópolis para reivindicar do poder público ações de apoio aos desempregados. 

            Em 1993, atuou na Ação da Cidadania Contra a Fome e a Miséria - Pela Vida, de iniciativa de Hebert de Souza - o Betinho e de Dom Mauro Moreli.

Foi presidente do Sindicato dos Bancários de Limeira por três mandatos, também atuou no Conselho Municipal de Saúde de Limeira na defesa e consolidação do SUS – Sistema Único de Saúde.

Em 2004, foi eleita vereadora em Cordeirópolis. Sempre atuando na defesa dos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras, encaminhou e apoiou

projetos, como: criação do Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres e do Conselho Municipal de Esportes, Criação do Conselho Municipal da Juventude, Dia Municipal Da Mulher Negra Ignês de Oliveira Cassiano, Política Municipal de Combate à Dengue -“Cordeirópolis Sem Dengue”, Política Municipal de Esportes, Alteração na Lei Orgânica da Licença Gestante (de 120 para 180 dias para as servidoras municipais), Política Municipal de Esportes como forma de Inclusão Social, entre outros. Foi relatora do Projeto de Lei do Plano Diretor do Município e se empenhou pela criação da Procuradoria da Mulher. Atuou contra a criação de Organização social (O.S.) para a gestão do Hospital Municipal Dr. Luis Cardinalli e pela redução da carga horária das Auxiliares de Desenvolvimento Infantil, das creches.

            No executivo, também atua na efetivação das políticas públicas para as mulheres, para fortalecimento e consolidação do papel da Secretaria da Mulher, no Projeto Anjos da Guarda da Mulher e para a criação da Casa de Acolhimento à Mulher Vítima de Violência.Em sessenta anos de existência, Fatima vivenciou o papel de Mulher, Trabalhadora e Dirigente Sindical, o papel de Mulher, Trabalhadora e Vereadora, o papel de Mulher, Trabalhadora e Vice-Prefeita. Em cada um destes papéis, sempre permeou as três representações, demonstrando a importância e a força da participação da Mulher para que a Política cumpra o seu papel de garantir dignidade a todos os cidadãos e cidadãs.

As sessões ordinárias, sessões solenes, audiências públicas e demais eventos institucionais da Casa podem ser acompanhados, ao vivo, pelo site www.camaracordeiropolis.sp.gov.br ou através da rádio FM 106,3.

A próxima Sessão Ordinária será no dia 03 de junho de 2019, terça-feira, às 19 horas.


Publicado por: Assessoria Imprensa Câmara Municipal

Cadastre-se e receba notícias em seu email