Câmara de Cordeirópolis devolve 637 mil para Prefeitura

Publicado em: 04 de janeiro de 2018

A Câmara de vereadores de Cordeirópolis encerrou o ano de 2017 devolvendo aos cofres públicos da Prefeitura entre receitas e devolução de duodécimo R$ 637.616,18. O valor inclui as economias que a nova gestão conseguiu entre aluguel e revisão de contratos.

O ano de 2017 foi de grandes mudanças e investimentos no Legislativo, a contenção de gastos foi a palavra de ordem na nova gestão. Com a revisão de contratos a legislatura conseguiu realizar mais investimentos.

As instalações da Câmara foram realocadas ao novo prédio, o que demandaria um gasto maior com manutenção. Entretanto, a administração gerou uma economia equiparando os valores, sendo que o Legislativo arcava com dois aluguéis na cidade, um onde estavam instalados os vereadores e outro onde se encontrava a parte administrativa da Casa de Leis.

Além disso, visando mais transparência, a atual Legislatura adquiriu novos computadores e equipamentos próprios de som e imagem, trazendo melhorias nos processos internos da Câmara e nas transmissões das sessões e eventos do Legislativo.

Toda documentação da Casa, incluindo arquivos históricos, foram devidamente condicionados com a aquisição de um arquivo deslizante próprio para esse tipo de documentos. Anterior a isso, os papéis se encontravam em situação precária e em deterioração. Para isso, foi realizada uma parceria com os alunos do PEAD (Programa de Auxílio ao Desemprego) que receberam orientações profissionais para realização do novo arquivamento, deixando todo material devidamente condicionado.

A parceria com o PEAD também resultou no conserto da calçada do entorno do prédio. As pedras de calçamento português estavam soltas.

O site foi reformulado, com mais informação, mais acessibilidade e mais transparência, além da criação do SIC, (Serviço de Informação ao Cidadão), uma obrigatoriedade do Ministério Público e que ainda não existia.

A Câmara ainda adquiriu um novo veículo para a realização das viagens melhorando a segurança de funcionários e parlamentares.

Para o presidente da Câmara vereador Laerte Lourenço (PMDB), embora a vinda para as novas instalações aparentasse um maior custo de manutenção, a atual Legislatura conseguiu mais economia se comparados aos anos anteriores.

"Estamos em um prédio de mais de 2.800 m², o que, teoricamente nos geraria mais custos com água, energia elétrica, jardinagem e manutenção em geral. Porém com a união dos vereadores e funcionários, conseguimos fazer eventos jamais realizados antes, como as visitas de escolas, palestras, exposições e apresentação musical. Fizemos diversas melhorias que ficarão para a população. E ainda sim, estamos devolvendo uma grande quantia aos cofres públicos”, destacou o presidente.

Entenda a devolução à Prefeitura

A Câmara Municipal tem o direito em receber 7% da receita tributária arrecadada do município, porcentagem que é estipulada aos municípios de até 100 mil habitantes, porém, o Legislativo do município de Cordeirópolis recebe apenas 3% e devolveu, neste ano, R$ 637.616,18.

Todas as Casas de Leis devem repassar à Administração Municipal as sobras do duodécimo no final de todos os anos, resultado de economia nas despesas ao longo dos meses.

O duodécimo devolvido à Prefeitura deixa de fazer parte do orçamento da Câmara Municipal e passa a integrar o caixa único do Município, sob a gestão e responsabilidade do Chefe do Poder Executivo.

 


Publicado por: Assessoria Imprensa Câmara Municipal

Cadastre-se e receba notícias em seu email