Alunos da APAE visitam exposição na Câmara

Publicado em: 08 de junho de 2017

 A Câmara Municipal de Cordeirópolis recebeu essa semana cerca de 20 alunos do ensino de educação especial, APAE. Os alunos foram monitorados pela Coordenadoria de Comunicação da Câmara Municipal para conhecer a exposição itinerante Porta, Porteira e Portão: Modos de Falarrr e Costumes do Interiorrr.

      Curiosidades e crenças de cidades interioranas,trouxeram aos pequenos uma viagem ao tempo, onde houve a interação e a curiosidade em conhecer  as formas mais populares de seus bisavós e tataravós.
 
A mostra é realizada por meio do Edital de Difusão de Acervos Museológicos do Programa de Ação Cultural (ProAC), do Governo do Estado de São Paulo, com o apoio do Sistema Estadual de Museus (Sisem-SP). As visitas são gratuitas seguem até 16 de junho.
 
As visitas também fazem parte do programa Câmara Participativa da Câmara Municipal de Cordeirópolis em parceria com a Secretaria de Cultura e Associação Trevisani Nel Mondo, através do Espaço Artístico Cultural da Câmara.
 
Dentro do programa agendado junto a Secretaria de Educação, as crianças também tiveram a oportunidade de conhecer as dependências do Legislativo.
 
A exposição
Uma das instalações mescla fitas de cetim coloridas e os antigos monóculos fotográficos. Nela, há uma seleção de 15 imagens, do acervo da Casa da Cultura de Cascalho. Entre as fotografias em preto e branco estão de importantes pontos da cidade, como a avenida Presidente Vargas, Cine Paulista, Cordeiro Clube, Estação Ferroviária, praça Orlando Stocco, assim como o bairro de Cascalho.
 
O espaço expositivo foi concebido fazendo alusão a estruturas de portas, portões e porteiras de madeira rústica. Além da utilização de artesanato local, há gaiolas e símbolos referenciais do interior paulista, com uma leitura contemporânea. 
 
A exposição traz também curiosidades sobre remédios e benzedeiras, informações sobre as histórias de saci-pererê, curupira, lobisomem, além de expressões da tradição oral caipira. Os visitantes podem levar filipetas para a casa e as crianças que fizerem visitas em grupo, agendadas por escolas, recebem uma cartilha com caça-palavras, código secreto, jogo dos sete erros e desenhos para colorir.
 
 


Publicado por: Assessoria Imprensa Câmara Municipal

Cadastre-se e receba notícias em seu email