Sessões ordinárias serão traduzidas em Libras

Publicado em: 05 de fevereiro de 2020

 

A primeira Sessão Ordinária da Câmara de Cordeirópolis, realizada nesta terça-feira (04), contou com a tradução para Língua Brasileira de Sinais (Libras), realizada por intérpretes.

A iniciativa da presidência da Câmara amplia a acessibilidade às pessoas com deficiência física, permitindo que os surdos possam acompanhar o debate dos vereadores na reunião plenária e a votação dos projetos. A medida será repetida em todas as sessões ordinárias. A presença de um intérprete oficial da Linguagem Brasileira de Sinais nas sessões é uma obrigatoriedade da Lei Federal 10436/2002.

Para iniciar os trabalhos houve o processo licitatório em 2019, através da modalidade de pregão presencial. Duas empresas participaram e a ganhadora foi a Associação Amigos Metroviários dos Excepcionais (AME) de São Paulo.

Desde de o início da atual Legislatura, a Câmara vem realização adequações para se tornar cada vez mais acessível. Além de contar com rampa de acesso, todos os banheiros destinados à utilização pública são equipados com barras de apoio e sistema de abertura adaptado nas portas, todo o prédio tem identificação em braile desde a recepção até os espaços internos da Câmara, uma forma para orientar o deslocamento dentro do espaço Legislativo. A parte externa e internada da Casa conta com piso tátil de borracha para melhor acessibilidade.


Publicado por: Assessoria Imprensa Câmara Municipal

Cadastre-se e receba notícias em seu email